Centro de Juventude de Lisboa celebra o Dia Internacional do Cigano, 8 de abril

O Centro de Juventude de Lisboa (CJL) junta-se à comemoração do Dia Internacional do Cigano, dia 8 de Abril, com o objetivo de sensibilizar para as dificuldades e estigma social enfrentados por esta comunidade.

Desde 8 de abril de 1971 é comemorado o Dia Internacional do Cigano, data que assinala o primeiro encontro internacional de ciganos em Londres. Nos dias de hoje a comunidade cigana continua a ser um dos grupos minoritários mais excluídos e discriminados na Europa, nomeadamente no que diz respeito ao acesso a bens e serviços básicos, como a educação, saúde, habitação e trabalho.

O IPDJ - Instituto Português do Desporto e Juventude, I.P. tem desenvolvido, através do Centro de Juventude de Lisboa, diversos projetos em parceria com entidades que promovem os direitos da comunidade cigana.  

Destacamos a formação Dare to Dream! e a primeira publicação do CJL, intitulada “Juventude e Igualdade: Comunidades Ciganas”, numa autoria conjunta com a Rede Portuguesa de Jovens para a Igualdade de Oportunidades entre Mulheres e Homens (REDE).

Esta é uma obra resultante dum desafio lançado pelo CJL à REDE e que aborda a temática da Juventude, das Comunidades Ciganas e a Igualdade de Género, a história da comunidade cigana, a sua origem, a cultura e tradições, bem como alguns princípios, conceitos gerais e dinâmicas de educação não formal para a promoção dos Direitos Humanos e da Igualdade de Género. Poderá consultar a publicação aqui.
 
Nesta importante data, chamamos ainda a sua atenção para a declaração conjunta de Marija Pejčinović Burić, Secretária Geral do Conselho da Europa , e Helena Dalli, Comissária Europeia para a Igualdade, na qual alertam para a necessidade de proteger os direitos da comunidade cigana e salvaguardar o seu acesso aos serviços essenciais durante a pandemia COVID-19.  




Todas as Atividades